Chega de orar menina!



"Disse então o Senhor a Moisés: Por que você está clamando a mim? Siga aos israelitas que sigam adiante!" - Êxodo 14.15

A Bíblia nos aconselha a orar, e clamar instrução ao Senhor, em vários momentos da nossa vida. Porém chega um momento, depois de muito clamar, em que é preciso agir e seguir a instrução do Senhor. Em Êxodo 14, os Israelitas não precisavam fazer nada, além de seguir em frente. Quantas e quantas vezes na vida, ficamos parados no tempo, estagnados, sem reação, e usamos a desculpa de que estamos esperando uma resposta de Deus? Às vezes queremos até adivinhar os pensamentos de Deus, e ficamos nos perguntando, se aquela é a vontade mesmo Dele. E na incerteza, melhor continuar orando. E assim continuamos, por anos e anos. E a vida vai passando.
Em muitas situações a oração é desculpa para a inércia!
Tem situações em que é preciso dar  um passo de fé! E ir!
Acreditando que o caminho é claro, pois é preciso ter fé, pra que dê certo. E tentem pensar assim: se aquilo a que você se arriscou e apostou todas as suas moedas pensando ser a vontade de Deus,  deu errado, não desanime! Deus queria te ensinar alguma coisa através disso tudo, e se você não está enxergando agora, aguarde porque a resposta vem.
Todas as respostas vêm, só que no tempo certo!
Então a minha dica de hoje é: Arrisque-se mais, mas sempre lembrando de que é Deus quem está sussurrando em nossos ouvidos: SIGA AVANTE! MARCHEM! 
Se algo for de Deus, você simplesmente saberá no seu coração.




Quando não temos escolhas

É fato! Não podemos escolher como vamos ser. 
Com essa afirmação não quero dizer que somos seres incapazes de mudar, mas simplesmente, que a maneira como somos feitos independe da vontade dos nosso pais, mas simplesmente da de Deus.
Eu vivia, quando era adolescente, reclamando, que eu era muito baixinha, e não iria crescer muito. Lembro-me que uma vez eu cheguei a ir no médico e pedir pra ele um hormônio chamado GH pra ficar mais alta. hahahaha, hoje eu dou risada. O médico me instruiu que esse tipo de medicamento só é indicado em casos em que a pessoa não cresce por alguma falha no corpo, alguma doença, sei lá, não me lembro. Mas de qualquer forma, não era o meu caso! Afinal, eu só era (sou) baixinha, porque isso é hereditário e meus pais também são bem pequenos.
Além disso, outra coisa que muito me chateava e me fazia sofrer bulling, eram meus olhos! Já repararam como meus olhos são grandes? Isso muito me incomodava na 4ª série, e eu queria fazer cirurgia de redução de olhos kk. Também não gostava da minha testa, pois sempre a achei meio grande. Eu tinha manchas nas pernas, de alergias que eu sempre tive, e isso também me dava tristeza na hora de usar saia.
Enfim, eram muuuuuitos problemas, mas quem nunca passou por isso né? Dá uma deprê, uma vontade de se esconder do muuundo todo e achar que ninguém nunca vai ser capaz de te amar.
Sabe, eu já passei por aquela fase em que cabelo bonito é cabelo liso, escorrido, escorregador de piolho!
Mas a Micaela cresceu, e só pra constar, sou muito de bem com a minha altura, mas claro que eu se fosse me fazer colocaria mais uns 10cm... mas eu sempre uso salto, acho que melhora minha postura, torneia as pernas e deixa o look mais elegante. Meus olhos hoje eu adoro, uso maquiagem pra aumentá-los ainda mais rs #alok. O problema da minha testa foi resolvido aos 11 anos quando eu cortei a minha primeira franja e nunca mais deixei crescer hihihihihihi as manchas sumiram com o tempo, e o meu cabeloo... aaaaaaaaaah o meu cabelo, esse é meu charme! É isso que me diferencia das demais pessoas escravas da escova, afinal, em terra de chapinha quem tem cachos é rainha, certo?
Mas mesmo com todos os meus 'defeitos' físicos, melhorando essa frase, mesmo com todos os detalhes que eu gostaria de mudar em mim, há algo muito mais interessante, que podemos criar, completamente novo pra nós. 
Que é o nosso interior.
Por mais que não podemos escolher o tipo de aparência que queremos ter na vida, sei que posso escolher tudo a respeito da minha vida após a morte.
E posso afirmar, que Deus é mesmo perfeito e muito justo! É bem melhor assim!
Nascer como Ele quiser, e fazer a escolha de passar a eternidade com Ele ou sem Ele.
Eu escolho Deus! 
Eu escolho o céu!



e você?


O que estamos dispostos a abrir mão?

Mateus 22: 36, 37, 38 e 39. 
·         Primeiro mandamento: Ame o Senhor, teu Deus de todo o seu coração, com toda alma e com toda mente, este é o primeiro e maior mandamento.
·         Segundo: Ame o seu próximo como a ti mesmo. 
Ou seja, devemos amar a Deus sem esperar recompensa, devemos amá-lo simplesmente porque Ele nos amou primeiro. Um relacionamento correto com Deus é o começo de tudo e produz um relacionamento correto com os outros também.
Se amarmos a Deus, e amarmos uns aos outros, tudo o que faremos irá refletir esse amor. João 13.35 – “Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos: se tiverdes amor uns aos outros”.

Amar o próximo como a si mesmo envolve a responsabilidade de pensamos uns nos outros no dia a dia. Devemos parar de olhar nossos próprios interesses e olhar para o próximo, acolhendo, socorrendo e ajudando. Servindo.
Marcos 10: 35 O Pedido de Tiago e João.
Tiago e João pediram para o Sr. Jesus para que pudessem sentar um a direita e um a esquerda. Porém o Sr. Jesus explicou (v.43): “Mas entre vós não é assim, pelo contrario, quem quiser tornar-se grande entre vós, será esse o que vos sirva, e que quiser ser o primeiro entre vós será servos de todos”. Porque o Filho do homem também não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos”. (v. 45).
Devemos servir aos outros ao invés de esperar que os outros no sirvam. O Sr. Jesus quando veio ao mundo, teve que manter encoberta a sua glória e assumir o papel de servo. Esse sacrifício deve nos inspirar a experimentar a mesma vitória por meio da autonegação e da obediência ao Pai. Jesus veio servir a ponto de entregar a sua própria vida.
O que estamos dispostos a abrir mão em nossos relacionamentos?
“Se sabeis estas coisas, bem-aventurados sois se as fizerdes.”  João 13:17
Bem aventurados = muito felizes dignos de aplauso.



Feliz dia do fessô!


Eu me lembro de você, fessô! Me lembro de todos vocês, desde a tia do Jardim de infância até os mestres da universidade. Os primeiros professores aqueles que são como uma segunda mãe. Nos ensinam a ler e escrever com tanta paciência e amor. Já os da escola nos ensinam muito mais do que fórmulas Bhaskara e orações subordinadas. Vocês nos ensinam sobre a esperança do futuro, sobre as nossas relações do dia a dia e como ser um ser humano. Os do colégio nos fazem focar no vestibular e em escolher uma carreira, época que mais temos que ralar! Difícil demais! Mas vocês acreditam em nós, e nos fazem querer tentar. Se não certo, esperamos até o ano que vem, só pra tentar de novo! E quando passamos vocês comemoram conosco, se alegrando em ver o seu aluno seguindo um caminho do bem. E os professores do terceiro grau, mestres, doutores, os caras! Nosso espelho e inspiração! 
O JS gostaria de agradecer a todos que de alguma forma nos ajudaram a chegar até aqui! Seja aquela primeira tia do primeiro dia de aula na escolinha ou na creche, foram vocês que plantaram uma sementinha dentro de nós, e agora estamos crescendo e florescendo.
E como se cantava na minha escolinha de infância, que se chamava: "A Sementinha": "e a sementinha que hoje plantar vai nascer, vai crescer e vai viver, que bom!"
Nosso sincero muito obrigada, em nome da equipe Jornalista de Saia, por nunca terem desistido de mim, de nós! Mesmo sabendo que eu nunca fui boa em matemática hahahaha. Obrigada por me fazerem ralar duro pra passar nessas matérias chatas, e aprender bastante coisa.
Vocês são os melhores mestres linguiças!
Saudades de vocês fessôres! <3

Uma homenagem a tia Adriana (minha primeira professora), e também as tias do Jardim de infância, da Pré escola, da escola, do colegial, da Publicidade, do cursinho, do inglês, da natação, do piano, do violão, da guitarra, do órgão, do teclado, da teoria de música, das aulas artes plásticas e de todos os cursos que eu já fiz na vida e nem me lembro mais! 




DIY - Arara

Oi gente! Vou contar uma história pra vocês! Eu adoro fazer coisas de decoração! Me sinto útil e realizada. Nada melhor do que a sensação de dever cumprido com seu suor, não é? Mas então, eu queria uma arara pra pendurar minhas roupas no meu quarto. Meu guarda roupa é pequeno e está muito cheio, daí resolvi que precisava de uma arara, e das grandes! hahahah
Mas eu ia comprar uma na Leroy Merlyn (talvez ainda compre mesmo assim). Mas então, resolvi postar num grupo do facebook de brechó que precisava de uma... É uma moça disse que tinha uma toda de ferro. Fui na casa dela, gostei e comprei! Paguei baratinho, porque ela é muito boa! Só que precisou de uma reforminha!!!




Daí eu dei uma lixada, pra ficar mais lisinha, e depois pintei com tinta spray.







Repararam como o Tommy gosta de aparecer de 'Robert' nas fotos? hahaha eu acho isso muito engraçado, mas ele adora!!!
O que vocês acharam da DIY?



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...